Avançar para o conteúdo
A HORA EM QUE NÃO SABÍAMOS NADA UNS DOS OUTROS

A HORA EM QUE NÃO SABÍAMOS NADA UNS DOS OUTROS

PROMOTOR

 

Coprodução: Companhia Olga Roriz, Município de Loulé, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Nacional São João e São Luiz Teatro Municipal

 

BREVE INTRODUÇÃO

Companhia Olga Roriz

SINOPSE

 

A Hora em que Não Sabíamos Nada Uns dos Outros (1992) é uma peça originalmente composta por 450 personagens, caminhando numa praça representada como uma cidade. O seu objetivo seria criar um dia na vida de uma praça seguindo um conjunto de direções de palco. A dimensão desta produção obriga a um elenco alargado, formado por sete bailarinos e pessoas da comunidade, renovada em cada local de apresentação.

Nesta praça do Handke há a recorrência de uma norma de praça que parece já não existir. Assistimos a um rolar do tempo sem tempo, das histórias sem histórias, personagens sem discurso verbal, com passado e futuro indefinido.

É uma peça intemporal na sua tradução da humanidade para o palco porque está aberta ao aqui e agora de quem a leva cena. A escrita é em si coreográfica tanto na forma como no conteúdo. Composta por didascálias, indicações de perfil e ações de cada interveniente, não deixa de oferecer uma grande liberdade de criação.

Interessa-nos questionar, trinta e um anos passados da criação desta peça, o que mudou no mundo. Parece-nos que este título nos quer dizer agora muito mais. Que o que sabemos uns dos outros e de nós próprios é um poço cada vez mais escuro e que é urgente abrir canais à transformação, à criação da utopia.

Olga Roriz, abril 2022

 

PROMOTOR

Câmara Municipal de Viana do Castelo

TRADUÇÃO

João Barrento

MÚSICA

Banda sonora: João Rapozo e Olga Roriz;

FIGURINOS

Guarda-roupa Companhia Olga Roriz;

FICHA ARTÍSTICA

 

Direção: Olga Roriz;

Texto: Peter Handke;

Intérpretes: António Bollaño, Dinis Duarte, Gaya de Medeiros, Marta Jardim, Marta Lobato Faria, Roge Costa, Yonel Serrano

Cenografia e Adereços: Eric Costa;

Desenho de Luz: Cristina Piedade;

Edição de Som: João Rapozo;

Assistência de direção: André de Campos;

Assistência de ensaios: Victória Bemfica;

Assistência de Adereços: Paula Hespanha;

Assistência de Figurinos: Ricardo Domingos;

Assistência de Cenografia: Pedro Sousa; João Salgado

Assistência de Direção de Cena: Ana P. Silva, Victória Bemfica;

Apoio ao Guarda-Roupa (Estágio): David Duarte;

Direção Técnica e Operação de Luz: João Chicó/ Pedro Guimarães;

Desenho, Montagem e Operação de Som: PontoZurca;

 

Companhia Olga Roriz

Direção: Olga Roriz;

Direção de Produção: António Quadros Ferro;

Gestão: Georgina Pires;

For Dance Theatre e Residências: Lina Duarte;

Produção Executiva: João Pissara;

Coordenação Corpoemcadeia: Catarina Câmara

 

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

 

Bilheteira do Teatro Municipal Sá de Miranda

Seg. a sex – 09h00 às 17h00

No dia do espetáculo – a partir das 19h00

 

CONTACTOS PARA RESERVAS

Não se efetuam reservas

NOTAS SUPLEMENTARES

 

Pada adquiris bilhetes de mobilidade reduzida, por favor contacte o Teatro Municipal Sá de Miranda:

Tetefone: 258 809 382

Email: tmsm@cm-viana-castelo.pt

 

PREÇOS

 

  • Plateia – 10€
  • Frisas – 8€
  • Camarotes 1º Ordem – 8€
  • Camarotes 2º Ordem – 8€

Data

14 Out 2023
Desde

Hora

21:00 - 22:40

Comprar

BILHETES

Localização

Teatro Municipal Sá de Miranda
R. de Sá de Miranda, 4900-529 Viana do Castelo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *