Avançar para o conteúdo
Dramoletes de Thomas Bernhard

Dramoletes de Thomas Bernhard

Dramoletes de Thomas Bernhard

Dramoletes, em estreia

Encenação de Manuel Tur

Coprodução: Casa das Artes de Famalicão e ACE Escola de Artes de Famalicão

23 e 24 de Fevereiro | quinta e sexta-feira | 21h30| Grande Auditório

M/12 Duração: 80 min

Estes DRAMOLETES (palavra inventada por Bernhard) caracterizados por uma forma breve ou peça curta, são um conjunto de sete “omeletas”, uma omeleta de omeletas, todas elas aliás de composição diversa além da brevidade temporal e da concisão dramática. Estaremos perante um teatro político? Certamente, mas na sua melhor forma, isto é, teatro não panfletário, teatro de uma identificação a cru das taras pós-modernas do conservadorismo que, como mentalidade e poder, continua nesta Europa do pós-guerra a ser parte dos seus climas mentais em variados territórios e a governá-la em conúbio com o pior dos fanatismos. Político, portanto, no sentido mais nobre, o da revelação clara do que os meios de desinformação sempre relativizam: camuflar o que é monstruoso, bestial e tido como normal, ou pela ausência de notícia ou pelo excesso da sua exposição. Quanto mais se espectaculariza mais opacificação se alcança, quanto mais se repete a ferida em espetáculo, sensacionalismo, menos se dá perceber. Eis a contra estratégia dos dramoletes: fazer o retrato indesmentível do pior da história europeia como vida coetânea e normalidade aceite, o nazismo, num gesto corajosamente acusador para quem entre eles inevitavelmente vive.

Texto: Thomas Bernhard Tradução: Fernando Mora Ramos e Isabel Lopes Encenação: Manuel Tur Elenco: Alexandra Sousa, Beatriz Cardoso, Beatriz Paquete, Beatriz Pelayo, Carminho Postiga, Carolina Figueiredo, Catarina Coelho, Emanuel Mirra, Filipa Morim, Lara Maio, Lemos, Leonor Neto, Luísa Araújo, Lukas, Márcia Rodrigues, Margarida Pinto, Margarida Teixeira, Maria Cunha, Maria Nogueira, Mariana Casqueira Cenografia: Ana Gormicho Figurinos e Adereços: Ana Isabel Nogueira Iluminação: José Saraiva Operação de luz: José Saraiva Sonoplastia: Joel Azevedo Operação de som: Joel Azevedo Fotografia de Cena: José Caldeira Cabelos: José Resende Direção de Produção: Glória Cheio Produção: Rui Bezerra Coprodução: Casa das Artes de Famalicão e ACE Escola de Artes de Famalicão Teatro

Dramoletes de Thomas Bernhard

Data

24 Fev 2023
Desde

Hora

21:30

Localização

Casa das Artes de Famalicão
Parque de Sinçães, Portugal, Av. Carlos Bacelar, 4760-103 Vila Nova de Famalicão
Category

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *