Avançar para o conteúdo
MÁRIO LAGINHA _ CICLO JAZZ AO LARGO - Theatro Gil Vicente

MÁRIO LAGINHA _ CICLO JAZZ AO LARGO – Theatro Gil Vicente

SINOPSE

 

Com uma carreira que leva já mais de três décadas, Mário Laginha é habitualmente conotado com o mundo do jazz. Mas o universo musical que foi construindo é mais vasto, passando pelas sonoridades brasileiras, indianas, africanas, pela pop e o rock, e pelas bases clássicas que presidiram à sua formação. Mário Laginha gravou um único disco a solo, “Canções e Fugas”, mas tem sobretudo partilhado a sua arte com outros músicos e criadores. Desde logo, com Maria João, com quem gravou mais de uma dezena de discos. E também com Pedro Burmester, Bernardo Sassetti, com quem cultivou grande cumplicidade até ao seu inesperado desaparecimento, e com músicos excepcionais como Trilok Gurtu, Gilberto Gil, Lenine, Ralph Towner, Manu Katché, Dino Saluzzi, Kai Eckhardt, Julian Argüelles, Howard Johnson, André Mehmari ou Django Bates. A obra mais recente do Mário Laginha Trio é “Mongrel”, a partir de temas originais de Chopin, e “Iridescente” é a sua última aventura musical com Maria João. Em finais de 2013, Mário Laginha e o seu Novo Trio lançaram “Terra Seca”, um disco que desbrava novos caminhos para o jazz e a música portuguesa. Em finais de 2015, retomou a colaboração com o pianista Pedro Burmester, com quem tem participado nalguns dos mais importantes Festivais de Música em Portugal e no estrangeiro. Em Novembro de 2017, conjuntamente com os músicos Julian Arguelles e Helge Norbakken editou em Inglaterra o álbum “SETEMBRO”. Em 2018 inicia uma longa tourné com Camané, fazendo algumas dezenas de concertos que culminam com a gravação do álbum “Aqui está-se sossegado”, sendo muito aclamado pela crítica e tendo ganho diversos prémios. Em 2019 e 2020 continua os concertos em Duo com Pedro Burmester, com Camané e com o seu Trio, com quem acaba de gravar um novo disco. Em Outubro de 2020 edita o álbum “ATLÂNTICO”, o segundo do LAN TRIO (Laginha, Arguelles, Norbakken) Em Fevereiro de 2022 editou em Trio o álbum “JANGADA” , com Alexandre Frazão e Bernando Moreira. No Jazz ao Largo apresenta-se num concerto a solo.

FAIXA ETÁRIA. M6

DURAÇÃO: 60 min

 

PREÇOS

 

  • Plateia – 3€

 

DESCONTOS

 

  • Cartão Barcelos Jovem
  • Cartão Quadrilátero

 

Data

02 Mar 2023
Desde

Hora

22:00 - 23:00

Comprar

Bilhetes

Localização

Theatro Gil Vicente
Largo Dr. Martins de Lima - Barcelos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *